Livre Sem Saber

00121

George Sweeting, em seu livro “Guia Para Testemunhar Sem Culpa” (inédito em português), conta de um homem chamado John Zurrier que, em 1949, foi condenado, por assassinato, à prisão perpétua.

Algum tempo depois, Currier obtinha os favores da prisão condicional, passando a trabalhar numa fazenda perto de Nashville, no Tennessee.

Em 1968, a prisão de Currier foi suspensa, e uma carta lhe foi enviada comunicando as boas notícias. Ocorre que Currier nunca recebeu essa carta; nada lhe foi dito sobre o assunto.

A vida na fazenda era difícil e sem promessa de futuro. O prisioneiro, entretanto, continuava trabalhando, mesmo depois da morte do dono da fazenda.

Dez anos se passaram. Um dia, um oficial de justiça soube do caso de Currier e foi procurá-lo. Contou que sua sentença fora suspensa. Ele agora era um homem livre.

Sweeting conclui a história perguntando: “Você se importaria se alguém lhe mandasse uma mensagem tão importante — a mais importante de sua vida — e anos após anos a urgente mensagem nunca lhe fosse entregue?”

Nós, que já ouvimos as boas novas e experimentamos a liberdade que há em Cristo, somos responsáveis por proclamá-las aos outros que ainda estão escravizados pelo pecado. Estamos fazendo tudo que podemos para que as pessoas recebam esse comunicado?

– Extraído de João Soares da Fonseca, Conta Outra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s