Intérprete: Uma profissão (?)

Muito se comenta a respeito da tão son hada CBO de intérprete de Língua de Sinais. O momento em que poderemos ser reconhecidos pelo nosso trabalho, como verdadeiros profissionais.Mas será que realmente merecemos e desejamos essa conquista? Muitos não concordarão com o que estou prestes a dizer, muitos surdos e muitos intérpretes também. Por isso, só lhes peço que deixem a subjetividade de lado ao ler este post.

Começo fazendo uma simples pergunta. O que você quer escrito em sua carteira de trabalho: Intérprete ou Madre Tereza de Calcutá? SIM! É verdade… tem muito intérprete trabalhando de graça, usando daquele discurso: “Ah… eu faço isso é pra ajudar os surdos!”

Mas alto lar… não sou contra o trabalho voluntário, aliás, acho que é uma obrigação de TODO intérprete. Mas existem intérpretes trabalhando de graça para pessoas que não precisam! É isso mesmo! Vários intérpretes vão até mesmo em empresas, palestras e reuniões para interpretar e não recebem nem a passagem do buzu (Onibus)!

Precisamos parar também de barganhar nossos serviços. Se o seu preço é de R$ 30,00/hora, mas a contratatante tá achando caro, que procurem outro interprete entao! O que nao pode é você em seu desespero de interpretar em algum lugar, ou ate mesmo precisando de ACG de interpretação, aceitar trabalhar por R$10,00/hora, ou até mesmo DE GRAÇA! Isso desvaloriza a profissão.

Bem eu nunca vi uma carteira assinada escrito: VOLUNTÁRIO. Entao, se voce realmente deseja ser reconhecido pela seu trabalho, precisa começar a movimentar dinheiro, a trabalhar com um quadro de preços e manter a dignidade de sua interpretação.

Bem, agora é com você… e aí vai aceitar o desafio?

Anúncios

Um comentário em “Intérprete: Uma profissão (?)

  1. De primeira vista discordo de você em partes: Dependendo se o lugar aonde se contrata não tem muitos recursos financeiros, eu aceito com muito prazer trabalhar por menos. Pois realmente não há outro jeito dessa instituição pagar mais. Porem, se a empresa for uma multinacional, ou algum lugar parecido, vale sua regra.

    Acredito que você vá concordar comigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s